19.6.13

o céu como limite




fotos de meiomaio


Continuamos em modo céu. E azul.
Desculpem a repetição. E desculpem também alguma ausência nestes dias. Foram dias de concentração, de trabalho, de tentar esquecer o céu azul lá fora. Mas no fim valeu a pena. Valeu tanto a pena.

Porque há palavras, momentos, que só por si nos fazem voar.
_

El cielo como límite.
Seguimos con los cielos. Y con el azul.
Perdonad la repetición. Y perdonad también alguna ausencia en estos días. Han sido días de concentración, de trabajo, de intentar olvidar el cielo azul afuera. Pero en el final ha valido la pena. Ha valido tanto la pena.

Porque hay palabras, momentos, que nos hacen volar.

3 comentários:

  1. Os limites fazem-nos ver melhor para além deles...
    As fotos, lindas!
    Abraço
    Paula

    ResponderEliminar

  2. Já tinha saudades. Foi uma ausência longa, mas se valeu a pena foi bom. É que a gente habitua-se...
    Gostei do "modo céu". Foi exatamente o que me ocorreu quando vi as fotos antes de ver o texto. Estamos na mesma onda.
    Têm uma óptima perspectiva e fazem voar ainda mais alto.
    Beijinhos.
    m

    ResponderEliminar
  3. Adoro céu com nuvens. Estão lindas, lindas.

    ResponderEliminar