13.6.16

como um quadro a aguarela






fotos de meiomaio


O melhor daquele lago foi sem dúvida aquele entardecer tenso, que prometia trovoada.
Os tons de azul e cinzento. Os Alpes, ao fundo. E como de repente aquelas imponentes montanhas se transformaram em algo tão suave, etéreo, quase invisível, que apareciam e desapareciam no horizonte aos caprichos da neblina que as pintava, como um quadro, a aguarela.

Sirmione, Lago di Garda, Itália

8 comentários:

  1. Que lindo! Parece mesmo uma pintura. Adorei os tons suaves, o céu de trovoada. E a última foto com os pássaros... Maravilhosa! Há imagens que são poesia. E as tuas são. :)

    Um beijinho, Ana ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh.. muito, muito obrigada Cláudia! ♥
      Beijinho*

      Eliminar
  2. saudades da vida nos alpes!
    para mim as montanhas nao foram amor à primeira vista. apaixonei-me por elas quando comecei a percebê-las
    bonitas fotografias! se puderem venham pela haute tarentaise, nesta altura do ano o col du petit saint-bernard, que liga italia a frança, ja deve estar aberto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) obrigada!
      Estas fotografias são do Verão passado, mas fica a dica para quando volte a esses lados ;)
      Beijinho!

      Eliminar